Web Rádio Peregrina
Obra Missionária de Evangelização e Acolhida Social Virgem do Carmo Peregrina

06/07/2017

Era protestante e engenheiro espacial: Graças ao terço, agora é sacerdote

“Não tenho nada de ruim a dizer sobre ser batista, tive uma boa educação moral, um conhecimento das Escrituras e um tremendo amor por Jesus Cristo. Estes são todos os presentes que ganhei”, afirmou Jantz. Segundo informou o portal ‘Alabama Media Group’, o interesse de Jantz pelo serviço militar surgiu quando a sua mãe lhe mostrou um álbum de lembranças do seu avô materno, que serviu o exército durante a Segunda Guerra Mundial e participou do desembarque na Normandia. “Isso me inspirou. Senti que deveria devolver algo ao país que me deu tanto”, recordou Jantz, que se formou em 2005 na Academia da Força Aérea, onde chegou a ser capitão. Mas esse não era o único interesse do jovem e, em 2001, formou-se no programa de matemáticas e ciências na Escola de Alabama de Belas Artes (ASFA). Jantz se especializou em engenharia aeroespacial e, enquanto levava adiante um programa de teste em satélites em Albuquerque, começou a reavaliar as suas crenças. Em um momento da sua vida, um dos seus amigos, que era católico, morreu por causa de uma insuficiência cardíaca. Jantz ajudou, mas sem sucesso, a fazer a reanimação cardiopulmonar. No velório, Jantz participou da oração do terço, um momento que recorda com grande emoção. “O terço se tornou uma pedra fundamental para a minha vida de oração”, disse Jantz que depois dessa experiência começou a rezar mais “perguntando ao Senhor: para onde quer que eu vá?”. “Comecei a sentir, de repente, este chamado a investigar o sacerdócio. Na oração, tive esta grande experiência de que Deus estava me chamando para ser um sacerdote”, recordou. Assim, em 2009, uniu-se à Igreja Católica no Novo México, foi crismado em 2010, entrou em contato com a Diocese de Birmingham e ingressou no seminário em agosto de 2011. “Durante o meu tempo na Força Aérea conheci muitos católicos maravilhosos que uniram a fé e o intelecto. Li a história da Igreja e descobri que a comunhão era a maneira pela qual os cristãos historicamente experimentaram Cristo”, disse Jantz. “Eu me sentia atraído pela história da Igreja, pela integração do espiritual e do intelectual, pela espiritualidade, pelo Terço e pela Eucaristia”, acrescentou. Em setembro de 2015, enquanto estava em um retiro na Itália, a sudeste de Roma, Jantz sofreu uma queda que poderia tê-lo matado. “Foi em um caminho que estava um pouco traiçoeiro. Dei um passo em falso sobre uma pedra que me jogou de um penhasco”, relatou Jantz, que caiu cerca de 20 a 30 pés e fraturou os dois calcanhares. Depois de horas de busca, Jantz foi encontrado e posteriormente levado em um avião de volta ao Alabama para submeter-se a uma cirurgia no Hospital UAB Highlands. “Fiquei incapacitado durante três meses”, recordou Jantz. “Deus foi bom em tudo. Completei uma corrida de 5 quilômetros há alguns meses. Ainda estou trabalhando com um fisioterapeuta. Acredito que estou melhorando”. Com um passado militar e experiências incomuns de vida como cair de um penhasco e sobreviver, Jantz está pronto para servir à Igreja. “É uma boa experiência relacionar-se com pessoas em muitos aspectos da vida. Quando alguém está designado a uma unidade do exército, não pode escolher as pessoas, mas tem que completar uma missão juntos”, disse Jantz. No caso da Igreja, o sacerdote e os fiéis estão designados a compartilhar uma missão, afirmou Jantz: “Estamos aqui para pregar o Evangelho a todos”.
Imprimir

24/11/2017
Bispos da Argentina rezam pelos 44 tripulantes desaparecidos em um submarino
Os Bispos da Argentina expressaram sua oração e proximidade aos familiares dos 44 tripulantes desaparecidos em um submarino no Atlântico Sul. Através de um comunicado, a Comissão Executiva da Conferência Episcopal Argentina convidou os fiéis a “acompanhar a angústia que estão vivendo devido à situação do Submarino ARA e especialmente o momento pelo qual as famílias estão passando”.

23/11/2017
Papa Francisco cria nova Diocese no Brasil e nomeia seu primeiro bispo
O Papa Francisco erigiu uma nova Diocese no Brasil, a de Cruz das Almas (BA), desmembrada da Arquidiocese de Salvador, e nomeou como seu primeiro Bispo Dom Antônio Tourinho Neto, até então Bispo auxiliar da Arquidiocese de Olinda e Recife (PE). A nova Diocese desmembrada da Arquidiocese de Salvador será composta pelos municípios de Cabaceiras do Paraguaçu, Cachoeira, Cruz das Almas, Governador Mangabeira, Maragogipe, Muritiba, Santo Amaro, São Félix, Sapeaçu e Saubara.

22/11/2017
Brasil passa a ter a menor Basílica do mundo
No alto da Serra da Piedade, em Caeté (MG), uma pequena ermida recebe há 250 anos milhares de peregrinos, levando à necessidade da construção de outra igreja maior na década de 1970; agora, esses dois templos foram elevados a Basílicas pelo Papa Francisco, sendo que um deles se tornou a menor Basílica do mundo.

21/11/2017
Ano Jubilar do centenário de Fátima será encerrado na Solenidade de Cristo Rei
No próximo dia 26 de novembro, Solenidade de Cristo Rei, o Santuário de Fátima irá promover o encerramento do Ano Jubilar do Centenário das Aparições, conforme decretado pela Penitenciaria Apostólica. Para o encerramento deste Ano Jubilar, o Bispo de Leiria-Fátima, Dom António Marto, será o delegado Pontifício, por indicação do Papa Francisco.

20/11/2017
Em mensagem de vídeo, Papa explica por que viaja a Mianmar
De 26 a 30 de novembro, o Papa Francisco realizará em uma nova viagem apostólica. Voltará na Ásia para visitar Mianmar, e depois irá a Bangladesh. Francisco enviou uma mensagem de vídeo na qual explica aos habitantes do país o motivo da sua visita: “Eu não vejo a hora de poder encontrá-los. Venho proclamar o Evangelho de Jesus Cristo, uma mensagem de reconciliação, perdão e paz”, afirma.


 

© Obra Missionária Virgem do Carmo Peregrina. Todos os direitos reservados

Site desenvolvido por Vetorial Soluções Corporativas
Obra Missionária Virgem do Carmo Peregrina