Web Rádio Peregrina
Obra Missionária de Evangelização e Acolhida Social Virgem do Carmo Peregrina

28/08/2017

Hoje é celebrado Santo Agostinho, Doutor da Igreja

Em sua juventude, entregou-se a uma vida dissoluta. Conviveu com uma mulher por aproximadamente 14 anos e tiveram um filho chamado Adeodato, que morreu ainda jovem. Agostinho pertenceu à seita do maniqueísmo até que conheceu Santo Ambrósio, por quem ficou impactado e começou a ler a Bíblia. No ano 387, foi batizado junto com seu filho. Sua mãe faleceu naquele mesmo ano. Mais tarde, em Hipona, foi ordenado sacerdote e logo Bispo, ficando a cargo dessa Diocese por 34 anos. Combateu as heresias de seu tempo e escreveu muitos livros, sendo o mais famoso sua autobiografia intitulada “Confissões”. Em 28 de agosto de 430, adoeceu e faleceu. Seu corpo foi enterrado em Hipona, mas logo foi transladado a Pavia, Itália. É um dos 33 Doutores da Igreja, recordado como o Doctor Gratiae (Doutor da Graça). Para o Papa Emérito Bento XVI, Santo Agostinho foi um “bom companheiro de viagem” em sua vida e ministério. Em janeiro de 2008, referiu-se a ele como “homem de paixão e de fé, de alta inteligência e de incansável solicitude pastoral… deixou um rastro profundo na vida cultural do Ocidente e de todo o mundo”. Em agosto de 2013, o Papa Francisco, durante a Missa de abertura do Capítulo Geral da Ordem de Santo Agostinho, referiu-se ao santo como um homem que “comete erros, toma também caminhos equivocados, é um pecador; mas não perde a inquietação da busca espiritual. E deste modo descobre que Deus lhe esperava; mais ainda, que jamais tinha deixado de lhe buscar primeiro”. Quem também fez grande difusão da vida e obra deste Doutor da Igreja foi São João Paulo II, que redigiu a Carta Apostólica “Augustinum Hipponensem”, em 1986, por ocasião do XVI Centenário da conversão de Santo Agostinho.
Imprimir

24/11/2017
Bispos da Argentina rezam pelos 44 tripulantes desaparecidos em um submarino
Os Bispos da Argentina expressaram sua oração e proximidade aos familiares dos 44 tripulantes desaparecidos em um submarino no Atlântico Sul. Através de um comunicado, a Comissão Executiva da Conferência Episcopal Argentina convidou os fiéis a “acompanhar a angústia que estão vivendo devido à situação do Submarino ARA e especialmente o momento pelo qual as famílias estão passando”.

23/11/2017
Papa Francisco cria nova Diocese no Brasil e nomeia seu primeiro bispo
O Papa Francisco erigiu uma nova Diocese no Brasil, a de Cruz das Almas (BA), desmembrada da Arquidiocese de Salvador, e nomeou como seu primeiro Bispo Dom Antônio Tourinho Neto, até então Bispo auxiliar da Arquidiocese de Olinda e Recife (PE). A nova Diocese desmembrada da Arquidiocese de Salvador será composta pelos municípios de Cabaceiras do Paraguaçu, Cachoeira, Cruz das Almas, Governador Mangabeira, Maragogipe, Muritiba, Santo Amaro, São Félix, Sapeaçu e Saubara.

22/11/2017
Brasil passa a ter a menor Basílica do mundo
No alto da Serra da Piedade, em Caeté (MG), uma pequena ermida recebe há 250 anos milhares de peregrinos, levando à necessidade da construção de outra igreja maior na década de 1970; agora, esses dois templos foram elevados a Basílicas pelo Papa Francisco, sendo que um deles se tornou a menor Basílica do mundo.

21/11/2017
Ano Jubilar do centenário de Fátima será encerrado na Solenidade de Cristo Rei
No próximo dia 26 de novembro, Solenidade de Cristo Rei, o Santuário de Fátima irá promover o encerramento do Ano Jubilar do Centenário das Aparições, conforme decretado pela Penitenciaria Apostólica. Para o encerramento deste Ano Jubilar, o Bispo de Leiria-Fátima, Dom António Marto, será o delegado Pontifício, por indicação do Papa Francisco.

20/11/2017
Em mensagem de vídeo, Papa explica por que viaja a Mianmar
De 26 a 30 de novembro, o Papa Francisco realizará em uma nova viagem apostólica. Voltará na Ásia para visitar Mianmar, e depois irá a Bangladesh. Francisco enviou uma mensagem de vídeo na qual explica aos habitantes do país o motivo da sua visita: “Eu não vejo a hora de poder encontrá-los. Venho proclamar o Evangelho de Jesus Cristo, uma mensagem de reconciliação, perdão e paz”, afirma.


 

© Obra Missionária Virgem do Carmo Peregrina. Todos os direitos reservados

Site desenvolvido por Vetorial Soluções Corporativas
Obra Missionária Virgem do Carmo Peregrina