Web Rádio Peregrina
Obra Missionária de Evangelização e Acolhida Social Virgem do Carmo Peregrina

13/01/2018

Jogador católico estuda processar dono de time inglês que o relacionou com vodu

“Se soubessem o que chegamos a oferecer para que ele renovasse, vocês não acreditariam. Depois, quando estávamos muito perto de renovar, Lukaku telefonou à sua mãe, que estava em uma peregrinação pela África, e ela lhe disse que tinha visto uma espécie de vodu e que ele tinha que assinar com o Chelsea”, declarou Moshiri. Lukaku, porém, não aceitou a proposta do Chelsea e acabou assinando contrato com o Manchester United. Em resposta às declarações do bilionário iraniano, representantes do atacante disseram à BBC que “Romelu é católico e o vodu não faz parte da sua vida nem das suas crenças”. “Ele simplesmente não acreditava no Everton nem tinha confiança no projeto do senhor Moshiri. Foi por isso que não quis assinar fosse quais fossem as condições”, completou. Lukaku já havia expressado sua fé católica à mídia em outras ocasiões. Em 2017, jornais britânicos publicaram erroneamente que o jogador não pôde ganhar um prêmio de homem da partida após um jogo nos Estados Unidos, pois, por ser muçulmano, não poderia ser fotografado ao lado do prêmio de um patrocinador que era uma marca de bebida alcoólica. Após a divulgação errada de que o esportista era muçulmano, representantes do atacante logo esclareceram que ele é católico e “lê sua Bíblia todas as noites”. De fato, torcedores também assinalaram que Lukaku regularmente faz o sinal da cruz quando entra em campo ou após fazer um gol. Além disso, um artigo do site ‘ChristianToday’ assinalou em 2016 indicou cinco estrelas da Euro que são cristãos, entre os quais está Romelu Lukaku. No texto, recordam que o belga já havia admitido “ler a Bíblia três vezes por dia”.
Imprimir

 

© Obra Missionária Virgem do Carmo Peregrina. Todos os direitos reservados

Site desenvolvido por Vetorial Soluções Corporativas
Obra Missionária Virgem do Carmo Peregrina