Web Rádio Peregrina
Obra Missionária de Evangelização e Acolhida Social Virgem do Carmo Peregrina

Quer receber nosso informativo? Cadastre-se!

Cadastre-se e receba textos, notícias e muito mais em seu e-mail.




21/04/2017

Sobrinha dos Pastorinhos de Fátima: Não somos dignos do dom que Deus nos deu

“A família, meus avós e meus pais, todos nós sempre o aceitamos como um dom de Deus. Deus escolheu os meus tios, porque Ele quis, tanto que o meu avô dizia que a Virgem queria vir a Fátima e havia escolhido os seus filhos, mas nós não merecíamos nada. Portanto, sempre vivemos com muita simplicidade porque Deus escolheu e escolhe quem Ele quer. Nós não merecemos nada”. Em uma recente visita a esta pequena cidade de Portugal, onde ocorreram as aparições – a última foi no dia 13 de outubro do mesmo ano –, o Grupo ACI conversou com a sobrinha de Jacinta e Francisco, que serão canonizados pelo Papa Francisco no próximo dia 13 de maio durante a sua visita à cidade. Jacinta Pereira Marto tem 74 anos. “Sinto uma grande alegria, naturalmente, mas esta festa não é somente da família, é de Portugal e do mundo inteiro, porque Nossa Senhora veio ao mundo. E eles são uma mensagem para o mundo”, afirmou a sobrinha dos pastorinhos. “Às vezes eu me pergunto como duas crianças de sete e nove anos conseguiram captar e responder ao mesmo tempo a mensagem de Deus”, expressa sobre os seus tios, testemunhas das aparições. Jacinta acredita que “a mensagem de Fátima nos recorda que a Virgem veio para que voltemos a Deus, para que não esqueçamos que Deus nos ama, mas que devemos louvá-Lo e devemos ser gratos a Ele”. Jacinta assegura que “a Virgem não pediu muitas coisas que não possamos fazer. Ela pediu para que se reze o Rosário. E Nossa Senhora havia pedido rezá-lo – segundo dizia a própria Lúcia – porque era uma oração fácil, para todo o mundo, pois pode ser rezada na igreja, caminhando, no carro, em qualquer lugar existe a possibilidade de rezar o rosário”. “Eu busco rezar o terço todos os dias, mas digo que quem não consegue rezá-lo que reze pelo menos uma Ave Maria para louvar a Virgem Maria e um Pai Nosso para agradecer a Deus por ser nosso amigo. Deus nos ama muito e às vezes nos envia a sua Mãe para nos ajudar um pouco, para que sejamos um pouco melhores. Deus quer que procuremos ser um pouco melhores a cada dia, porque sempre seremos pecadores, não somos perfeitos, mas procuremos ser um pouquinho melhores a cada dia”. Jacinta é a filha de João, irmão dos pastorinhos Jacinta e Francisco, e nasceu na mesma casa que eles. “Meu pai era dois anos mais velho do que Francisco e também teve o privilégio de estar na aparição de Valinhos (Valinhos está localizado perto do Santuário e foi o quarto lugar de aparição da Virgem, em 19 de agosto, 1917), depois que eles estiveram na aparição de Vila Nova de Ourém”, recordou Jacinta. Entretanto, afirmou: “meu pai estava lá, mas não viu nada. Estiveram apenas Francisco, Jacinta e Lúcia e o meu pai, mas ele disse que por mais que abrisse os seus olhos e olhasse, não conseguiu ver nada”. Jacinta recorda que seus avós (pais de Jacinta e Francisco) “não entendiam as coisas”. “Então pensaram que seus filhos eram um pouco diferente dos outros, mas não sabiam exatamente de que maneira”. Apesar disso, “meu avô sempre acreditou”. “Jacinta foi a primeira a dizer que Nossa Senhora havia aparecido e, quando lhe perguntavam, respondia: ‘Meus filhos não são mentirosos, eu os eduquei, portanto, se dizem que a viram, eu acredito que a viram’”. Embora seu avô nunca tenha vista a Virgem, sua neta Jacinta recorda que ele “esteve em algumas aparições e mesmo dizendo que não via nada, percebia que algo estava acontecendo”. “Ele dizia que escutava um som, como se fosse uma abelha em um cântaro, em um recipiente. Mas o milagre do sol ele viu. Então, se antes já acreditava, continuou acreditando”. Jacinta se refere ao que aconteceu depois da última aparição da Virgem Maria aos pastorinhos: foi possível ver o sol se mexendo como se estivesse “dançando”, segundo relataram aqueles que testemunharam. Atualmente, a sobrinha dos pastorinhos tem certeza que “Jacinta e o meu tio me protegem”. “Eu não sou ninguém, sou pecadora como todo mundo, mas acho que me protegem, sinto que eles me protegem e Nossa Senhora também”.
Imprimir

24/11/2017
Estados Unidos: Celebrarão Missa em memória das vítimas do Estado Islâmico
Na terça-feira, 28 de novembro, o Arcebispo Caldeu de Erbil, no Iraque, Dom Bashar Warda, celebrará uma Missa na Arquidiocese de Washington, Estados Unidos, em memória das vítimas do genocídio perpetrado pelo Estado islâmico (ISIS) contra os cristãos. Este evento, organizado pelos Cavaleiros de Colombo, será realizado durante a celebração da semana de conscientização pelos cristãos perseguidos, que acontecerá de 26 de novembro a 3 de dezembro, cujo lema é “Solidariedade no sofrimento”.

23/11/2017
Ex-gay italiano se converteu pela intercessão de Maria e hoje é pai de família
Luca di Tolve ganhou o ‘Mister Gay’ na Itália, nos anos 1990, mas a sua história ficou conhecida no mundo depois que o cantor Giuseppe Povia escreveu a música ‘Luca era gay’. Agora escreveu o livro ‘Eu era gay’, no qual explica porque e como mudou radicalmente de vida. Em entrevista concedida ao Grupo ACI, Luca di Tolve conta que teve uma infância muito difícil. “Meus pais sempre discutiam e depois de algum tempo se separaram. A minha mãe me criou sozinha e, quando chegava tarde do trabalho, eu ficava com uma família vizinha, onde todas eram meninas e criticavam o meu pai porque tinha nos abandonado”, explica.

22/11/2017
Sínodo dos Bispos sobre jovens já tem data e relator será um Cardeal brasileiro
O próximo Sínodo dos Bispos sobre “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional” será realizado entre os dias 3 e 28 de outubro de 2018, segundo anunciou a Santa Sé através de um comunicado de imprensa, no qual informou ainda que o relator geral será o brasileiro Cardeal Sérgio da Rocha. A Secretaria Geral do Sínodo dos Bispos divulgou a data no final da reunião do seu XIV Conselho Ordinário, que aconteceu na Cidade do Vaticano nos dias 16 e 17 de novembro, presidida pelo Papa Francisco.

21/11/2017
A civilização humana começa no ventre da mãe, afirma Cardeal
O presidente da Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos (USCCB), Cardeal Daniel DiNardo, incentivou a “amar e proteger a vida humana inocente desde o momento que Deus a cria” e assegurou que “a civilização começa no ventre”. Em sua mensagem aos bispos dos Estados Unidos, em 13 de novembro, durante a Assembleia Geral da USCCB de 2018, o Cardeal DiNardo os encorajou a se unirem ao Papa Francisco para apoiar uma reforma migratória integral, promover políticas pró-vida que respeitem a dignidade humana e mantenham as famílias unidas.

20/11/2017
Papa Francisco: Na fragilidade dos pobres há uma força salvífica
“Amar o pobre significa lutar contra todas as pobrezas, espirituais e materiais”, afirmou o Papa Francisco durante a Missa por ocasião do 1º. Dia Mundial dos Pobres instituído pelo mesmo Pontífice. Na manhã de hoje, Francisco presidiu uma Eucaristia em que muitos pobres participaram e também disse que “Nos pobres manifesta-se a presença de Jesus, que, sendo rico, se fez pobre”. “Por isso neles, na sua fragilidade, há uma força salvífica. E, se aos olhos do mundo têm pouco valor, são eles que nos abrem o caminho para o Céu, são o nosso passaporte para o paraíso”.


 

© Obra Missionária Virgem do Carmo Peregrina. Todos os direitos reservados

Site desenvolvido por Vetorial Soluções Corporativas
Obra Missionária Virgem do Carmo Peregrina