Web Rádio Peregrina
Obra Missionária de Evangelização e Acolhida Social Virgem do Carmo Peregrina

Quer receber nosso informativo? Cadastre-se!

Cadastre-se e receba textos, notícias e muito mais em seu e-mail.




04/10/2017

Pe. Tom Uzhunnalil receberá prêmio Madre Teresa por seu testemunho no Iêmen

Este reconhecimento é concedido a todas as pessoas que, através do seu serviço, promoveram a justiça social. O prêmio é concedido desde 2005 pela Fundação Harmony, instituição criada na Índia para promover a coexistência pacífica e solidária entre as diferentes religiões e sociedades. Abraham Mathai, diretor e fundador da organização, disse ao jornal Gulf News India que o Pe. Tom “foi um exemplo inspirador por ter sido uma pessoa compassiva e por continuar o seu trabalho no asilo das Missionárias da Caridade, no Iêmen , apesar de ter a opção de deixar o país”. “Elogiamos a dedicação e o compromisso do Pe. Tom por trabalhar em um lugar de grande perigo onde seus colegas foram assassinados a sangue frio”, continuou e recordou as quatro religiosas, uma delas indiana, que foram assassinadas pelos terroristas do ISIS. Mathai também expressou que a Fundação Harmony está muito agradecida ao Sultão de Omã, Qabus ibn Sa'id Al Sa’id, pelos “seus esforços a fim de garantir a libertação do Pe. Tom das mãos do ISIS” e pela “sua resposta ao Vaticano, que resultou na posterior libertação do sacerdote que permaneceu no cativeiro durante mais de 18 meses”. O diretor da organização explicou que, em 2017, o lema do prêmio é “Compaixão além das fronteiras, uma resposta compassiva à crise dos refugiados” e indicou que o objetivo é “conscientizar e agir na comunidade internacional”. A cerimônia de premiação será em 10 de dezembro, na cidade de Mumbai, no estado de Maharashtra, e o convidado de honra será o vice-presidente da Índia, Venkaiah Naidu. Entre as personalidades internacionais que receberam o Prêmio Madre Teresa estão: Malala Yousafzai; Dalai Lama; o presidente de Gana, Nana Akufo-Addo; e as organizações humanitárias como Médicos Sem Fronteiras e Capecetes Brancos. O Pe. Tom Uzhunnalil voltou para a Índia em 28 de setembro, depois de permanecer durante duas semanas em Roma, para onde foi levado depois da sua libertação no dia 12 de setembro. O sacerdote foi recebido em Nova Deli pelo Primeiro-Ministro, Narendra Modi, e pelo ministro das Relações Exteriores, Sushma Swaraj. Nessa cidade, encontrou com o seu irmão Mathew e com a sua irmã Mary e participou de uma Missa celebrada na Catedral do Sagrado Coração para agradecer por sua libertação. Calcula-se que cerca de duas mil pessoas estiveram presentes.
Imprimir

23/11/2017
Ex-gay italiano se converteu pela intercessão de Maria e hoje é pai de família
Luca di Tolve ganhou o ‘Mister Gay’ na Itália, nos anos 1990, mas a sua história ficou conhecida no mundo depois que o cantor Giuseppe Povia escreveu a música ‘Luca era gay’. Agora escreveu o livro ‘Eu era gay’, no qual explica porque e como mudou radicalmente de vida. Em entrevista concedida ao Grupo ACI, Luca di Tolve conta que teve uma infância muito difícil. “Meus pais sempre discutiam e depois de algum tempo se separaram. A minha mãe me criou sozinha e, quando chegava tarde do trabalho, eu ficava com uma família vizinha, onde todas eram meninas e criticavam o meu pai porque tinha nos abandonado”, explica.

22/11/2017
Sínodo dos Bispos sobre jovens já tem data e relator será um Cardeal brasileiro
O próximo Sínodo dos Bispos sobre “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional” será realizado entre os dias 3 e 28 de outubro de 2018, segundo anunciou a Santa Sé através de um comunicado de imprensa, no qual informou ainda que o relator geral será o brasileiro Cardeal Sérgio da Rocha. A Secretaria Geral do Sínodo dos Bispos divulgou a data no final da reunião do seu XIV Conselho Ordinário, que aconteceu na Cidade do Vaticano nos dias 16 e 17 de novembro, presidida pelo Papa Francisco.

21/11/2017
A civilização humana começa no ventre da mãe, afirma Cardeal
O presidente da Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos (USCCB), Cardeal Daniel DiNardo, incentivou a “amar e proteger a vida humana inocente desde o momento que Deus a cria” e assegurou que “a civilização começa no ventre”. Em sua mensagem aos bispos dos Estados Unidos, em 13 de novembro, durante a Assembleia Geral da USCCB de 2018, o Cardeal DiNardo os encorajou a se unirem ao Papa Francisco para apoiar uma reforma migratória integral, promover políticas pró-vida que respeitem a dignidade humana e mantenham as famílias unidas.

20/11/2017
Papa Francisco: Na fragilidade dos pobres há uma força salvífica
“Amar o pobre significa lutar contra todas as pobrezas, espirituais e materiais”, afirmou o Papa Francisco durante a Missa por ocasião do 1º. Dia Mundial dos Pobres instituído pelo mesmo Pontífice. Na manhã de hoje, Francisco presidiu uma Eucaristia em que muitos pobres participaram e também disse que “Nos pobres manifesta-se a presença de Jesus, que, sendo rico, se fez pobre”. “Por isso neles, na sua fragilidade, há uma força salvífica. E, se aos olhos do mundo têm pouco valor, são eles que nos abrem o caminho para o Céu, são o nosso passaporte para o paraíso”.

19/11/2017
Bispo responde a manifestantes que relacionam a Virgem Maria ao aborto
Recentemente começou a circular nas redes sociais uma foto na qual uma mulher segura uma placa associando a Virgem Maria ao aborto; frente a esta imagem o Bispo da Diocese de Frederico Westphalen, Dom Antônio Carlos Keller, deu uma resposta que contou logo com a adesão de muitos católicos. A foto em questão foi postada no Facebook no dia 13 de novembro por Letícia Bahia, diretora institucional da revista online feminista ‘AzMina’. Na imagem, uma senhora segura a placa com a afirmação: “Até Maria foi consultada para ser mãe de Deus. Católicas na luta pelo aborto legal e seguro”.


 

© Obra Missionária Virgem do Carmo Peregrina. Todos os direitos reservados

Site desenvolvido por Vetorial Soluções Corporativas
Obra Missionária Virgem do Carmo Peregrina