Web Rádio Peregrina
Obra Missionária de Evangelização e Acolhida Social Virgem do Carmo Peregrina

Quer receber nosso informativo? Cadastre-se!

Cadastre-se e receba textos, notícias e muito mais em seu e-mail.




13/11/2017

Esta é a condição para entrar no Reino dos Céus explicada pelo Papa Francisco

Francisco realizou esta reflexão a partir do Evangelho deste domingo, no qual, mediante a parábola das dez virgens, “nos indica as condições para entrar no Reino dos Céus”. Assinalou que as dez virgens “são as moças que tinham o encargo de acolher e acompanhar o noivo à cerimônia das núpcias e, como naquele tempo era usual celebrá-las, elas levavam lamparinas”. “A parábola diz que cinco dessas virgens eram previdentes e cinco eram imprevidentes. As previdentes levavam consigo jarros com óleo para as lâmpadas. As imprevidentes, não. O noivo atrasa e elas adormecem, todas”. “À meia-noite – continuou narrando o Papa – é anunciada a chegada do noivo. Então, as virgens imprevidentes percebem que não tinham óleo para as lamparinas e pediram para as previdentes. Estas respondem que não lhes podem ar o óleo, porque não seria suficiente para todas”. Então, “enquanto as imprevidentes vão procurar o óleo, o noivo chega. As virgens previdentes entram com ele na sala do banquete e a porta é fechado. As cinco imprevidentes voltam tarde demais, batem à porta, mas a resposta é: ‘Não as conheço’. Elas ficam, então, de fora”. Após terminar de resumir o episódio evangélico, o Papa perguntou: “O que Jesus quer nos ensinar com essa parábola? Ele nos recorda que devemos estar prontos para o encontro com Ele”. “Muitas vezes, no Evangelho, Jesus exorta a vigiar e o faz também no fim dessa parábola. Ele diz assim: ‘Vigiai, pois não sabeis o dia nem a hora’. Mas, com essa parábola, Ele nos diz que vigiar não significa apenas não dormir, mas estar preparados”. De fato, na parábola, “todas as virgens dormem antes do noivo chegar, mas quando acordam, algumas estão prontas e outras não. Aqui está, portanto, o significado de ser sábios e prudentes. Trata-se de não esperar até o último momento de nossa vida para colaborar com a graça de Deus, mas, fazê-lo desde já”. Entre o simbolismo da parábola, Francisco destacou a lâmpada, que “é o símbolo de nossa fé, que ilumina a nossa vida, enquanto o óleo é o símbolo da caridade, que alimenta, torna fecunda e crível a luz da fé”. “A condição para estar prontos ao encontro com o Senhor não é somente a fé, mas uma vida cristã plena de amor, caridade ao próximo. Se nos deixarmos guiar por coisas que nos parecem mais fáceis, pela busca de nossos interesses, nossa vida fica estéril, incapaz de dar vida aos outros e não acumulamos nenhuma reserva de óleo para a lamparina da nossa fé. Assim, a fé vai se apagar no momento da chegada do Senhor ou até antes”. “Se, ao contrário, formos vigilantes – finalizou o Pontífice –, tentarmos fazer o bem, com gestos de amor, de partilha, de serviço ao próximo que está precisando, podemos ficar tranquilos enquanto aguardamos a chegado do esposo. O Senhor poderá vir a qualquer momento e nem o sonho da morte não nos assustará, porque teremos a reserva de óleo acumulado com as boas ações de todos os dias”.
Imprimir

13/12/2017
20 anos depois, uma mãe agradece a mulher que a convenceu de não abortar
Durante 10 anos, pelo menos um dia por semana, Karen Swallow se dedicou a ajudar as mães que queriam abortar. Ela calcula que viu cerca de 2.500 mulheres entrarem em lugares que praticam abortos. Uma dessas mulheres que ela ajudou, 20 anos depois enviou-lhe uma mensagem de agradecimento. Karen Swallow é uma mulher que durante 10 anos, sem faltar o seu compromisso, ia uma vez por semana na porta de uma clínica abortista ajudar as mulheres que pensavam em acabar com a vida dos seus filhos antes de nascer.

12/12/2017
Papa adverte aos hospitais católicos sobre o perigo de converter-se em negócios
O Papa Francisco enviou uma importante advertência aos hospitais católicos através da Mensagem do Dia Mundial do Doente do próximo ano, para pedir que evitem a mentalidade empresarial, ou seja, transformados em meras empresas que descartam os pobres. Francisco assegura que a história da Igreja em relação ao cuidado dos doentes é uma herança que “ajuda a preservar os hospitais católicos do risco duma mentalidade empresarial, que em todo o mundo quer colocar o tratamento da saúde no contexto do mercado, acabando por descartar os pobres”.

11/12/2017
O Advento é um tempo para reconhecer os vazios a serem preenchidos em nossa vida, diz o Papa
Antes de rezar o Ângelus na manhã de hoje, o Papa Francisco explicou novamente o significado do Advento e afirmou que é um momento propício para mudar de comportamento. “É um tempo para reconhecer os vazios a serem preenchidos em nossa vida, para aplainar as asperezas do orgulho e criar espaço para Jesus que vem”, afirmou. O Santo Padre assinalou que, por exemplo, “um vazio em nossa vida pode ser porque não rezamos ou rezamos pouco”. “O Advento é o momento favorável para rezar com mais intensidade, para reservar à vida espiritual o lugar importante que lhe cabe”.

08/12/2017
Hoje a Igreja celebra a Solenidade da Imaculada Conceição
Neste dia 8 de dezembro, a Igreja celebra a Imaculada Conceição da Santíssima Virgem Maria, o dogma de fé segundo o qual a Mãe do Jesus foi preservada do pecado desde o momento de sua concepção, ou seja, desde o instante em que começou sua vida humana. Em 8 de dezembro de 1854, o Papa Pio IX, depois de receber inúmeros pedidos de bispos e fiéis de todo o mundo, ante mais de 200 cardeais, bispos, embaixadores e milhares de fiéis católicos, declarou com sua bula “Ineffabilis Deus”:

07/12/2017
Arcebispo à ONU: Os cristãos são parte da solução, não do problema do Iraque
Um painel reunido na sede da Organização das Nações Unidas (ONU) analisou recentemente as sequelas da ocupação do Estado Islâmico (ISIS) na planície de Nínive, no Iraque, e destacou que os cristãos devem ser considerados parte da solução para levar a paz e os direitos humanos.


 

© Obra Missionária Virgem do Carmo Peregrina. Todos os direitos reservados

Site desenvolvido por Vetorial Soluções Corporativas
Obra Missionária Virgem do Carmo Peregrina