Web Rádio Peregrina
Obra Missionária de Evangelização e Acolhida Social Virgem do Carmo Peregrina

Quer receber nosso informativo? Cadastre-se!

Cadastre-se e receba textos, notícias e muito mais em seu e-mail.




13/12/2017

20 anos depois, uma mãe agradece a mulher que a convenceu de não abortar

Ela calcula que, deve ter visto cerca de 2.500 mulheres, entre elas conseguiu ajudar algumas a seguirem em frente e a valorizar a vida dos filhos sem renunciar à maternidade, independentemente das circunstâncias difíceis que viviam. Em muitas ocasiões, os voluntários não sabem como terminam as histórias das pessoas que eles atendem. Muitas vezes, nunca mais recebem informações sobre se aquela menina ou aquela mulher finalmente abortou ou não. Essa incerteza é descoberta quando há casos que, de maneira quase milagrosa, alguns anos depois, quando inadvertidamente somos conscientes dos frutos que surgiram de uma ação constante e paciente no passado. Isso aconteceu com Karen através da sua conta de Facebook. Ela descreve o momento como “uma tarde de domingo preguiçosa” na qual recebeu a seguinte mensagem: “Com certeza você não deve lembrar de mim. Eu te conheci há 20 anos, na porta de Women Services en Main St. Eu tinha apenas 15 anos. Você salvou a vida do meu filho. Eu estava sozinha, para começar o procedimento de dois dias. No primeiro dia da possível ‘terminação’, me disseram para que esperasse em casa e que voltasse no dia seguinte para completá-la. Entretanto, naquela noite eu senti o meu filho se mexer. No dia seguinte, estava a caminho do local, eu te conheci... Acho que você leu algumas escrituras para mim e explicou outras opções. Então eu decidi continuar com a minha gravidez. Naquele dia você me levou para a casa e você nunca saiu do meu lado, você me levou à sua igreja e me colocou em contato com várias agências (que ajudavam mulheres grávidas). Você realmente foi uma benção para mim. Hoje o meu filho tem quase 20 anos, está começando a estudar o segundo ano na universidade. Eu sinto falta dele, é a melhor coisa que aconteceu na minha vida”. No seu relato pessoal publicado no ‘Christianity Today’, com a permissão da outra protagonista desta história, Karen explica que teve que revisar as suas anotações no seu diário para recordar o momento no qual se conheceram. Mas ao mesmo tempo reconhece que “muitas vezes, nesses casos, quando o bebê nasce, nem sempre as mulheres se sentem abertas com os outros para falar da decisão que quase tomaram”. De qualquer maneira, um ano e meio depois, Karen mudou de Estado e perderam a comunicação. “Ela nunca esqueceu de mim”. Karen continuou a sua vida sem lembrar desta mulher. “Entretanto, ela nunca esqueceu de mim”, confessa. Nas mensagens posteriores, quando se comunicaram novamente, ela confessou que antes de encontrá-la, começou a segui-la durante algum tempo nas redes sociais sem interagir, até encontrar forças para entrar em contato. “Você sempre teve um lugar no meu coração”, disse, enquanto explicava como foi ser mãe solteira e como ela conseguiu que o seu filho estudasse o ensino médio e agora pudesse estar em uma universidade privada. Karen reflete sobre a maneira que esta história voltou para a sua vida. “Para a maioria de nós, é humano querer saber que de alguma forma fizemos uma diferença, e, entretanto, a maioria das coisas importantes na vida exigem que esperemos muito antes de ver alguma evidência”, expressou.
Imprimir

24/01/2018
Papa ao Fórum de Davos: o homem no centro para uma economia inclusiva
Mensagem de Francisco foi enviada ao presidente-executivo do Fórum, Klaus Schwab, e lida pelo card. Turkson. As inovações tecnológicas devem ser utilizadas “para a proteção da nossa casa comum”. Em especial, a inteligência artificial e a robótica devem estar a serviço da humanidade, e não ser uma ameaça “como algumas avaliações infelizmente preveem”. Este é o apelo lançado pelo Papa Francisco na carta enviada ao Fórum Econômico Mundial, que se realiza em Davos de 23 a 26 de janeiro.

23/01/2018
Papa a jornalistas a bordo: no Chile e Peru contagiado pela fé do povo
Há países na América Latina com políticas liberais que os levaram a uma pobreza maior ainda. Em geral, uma política liberal que não envolve todo o povo é seletiva e leva a um enfraquecimento. No voo de retorno a Roma o Papa fala com os jornalistas sobre a viagem ao Chile e Peru.

22/01/2018
Francisco despede-se do Peru: “Levo vocês no coração"
Na conclusão de suas palavras o Santo Padre falou mais uma vez de esperança: “vocês têm tantos motivos para esperar! Vi-o, toquei-o com a mão nestes dias. Conservem a esperança.

21/01/2018
Papa: ser ricos de memória nos liberta da tentação de messianismos
Após almoçar no Arcebispado de Trujillo e visitar a Catedral de Santa Maria, o Papa Francisco foi ao “Colégio Seminário” para encontrar os sacerdotes, religiosos, religiosas e seminaristas das Circunscrições eclesiásticas do norte do Peru. O Colégio tem 390 anos e é dedicado aos Santos Carlos e Marcelo. Fundado em 1625 como casa de formação para sacerdotes, atualmente é voltado à educação de jovens do primeiro e segundo grau.

20/01/2018
Papa: corrupção é um “vírus social” na América Latina
No discurso às autoridades peruanas, Francisco falou da corrupção como forma sutil de degradação do meio ambiente que contamina progressivamente todo o tecido vital.


 

© Obra Missionária Virgem do Carmo Peregrina. Todos os direitos reservados

Site desenvolvido por Vetorial Soluções Corporativas
Obra Missionária Virgem do Carmo Peregrina