Web Rádio Peregrina
Obra Missionária de Evangelização e Acolhida Social Virgem do Carmo Peregrina

Quer receber nosso informativo? Cadastre-se!

Cadastre-se e receba textos, notícias e muito mais em seu e-mail.




06/02/2018

Papa Francisco: ensinar a adorar em silêncio

Um caminho em subida que, portanto, nem sempre é fácil. Uma subida para levar a aliança, durante a qual o povo carregava consigo a própria história, “a memória da eleição”. Carregava duas tábuas de pedra, nuas, assim como tinham sido dadas por Deus – destacou o Papa –, “não como este povo tinha aprendido dos escribas”, que a tinham “barroquizada”, a tornaram barroca “com tantas prescrições”. “A Aliança nua: eu o amo e você me ama”: o primeiro mandamento, amar a Deus e, segundo, amar ao próximo. Na arca, de fato, não havia nada senão duas tábuas de pedra. Então, introduziram a arca no santuário, e assim que os sacerdotes saíram do lugar santo, a nuvem encheu o templo do Senhor. Então o povo entrou em adoração: "dos sacrifícios que faziam no caminho em subida ao silêncio, à humilhação da adoração". "Tantas vezes penso - disse o Papa - que nós não ensinamos o nosso povo a adorar": “Sim, os ensinamos a rezar, a cantar, a louvar a Deus, mas a adorar.... A oração de adoração, esta que nos prostra sem nos prostrar: a prostração da adoração nos dá nobreza e grandeza. E aproveito, hoje, vocês, com tantos párocos de recente nomeação, para dizer: mah, ensinem o povo a adorar em silêncio, adorar”. A exortação do Papa é portanto, para aprender, a partir de agora, aquilo que faremos no Céu: a oração de adoração. “Mas, somente, podemos chegar lá com a memória de termos sido eleitos, de ter dentro do coração uma promessa que nos impele a seguir e com a aliança nas mãos e no coração. E sempre em caminho: caminho difícil, caminho em subida, mas em caminho rumo à adoração” Diante da glória de Deus as palavras desaparecem, não se sabe o que dizer, observa Francisco. Na liturgia de amanhã, Salomão, de fato, durante a adoração, consegue dizer somente duas palavras: “Escuta e perdoa”. O Papa, ao concluir, convida a “adorar em silêncio, com toda a história que trazemos, e pedir: “Escuta e perdoa”: “Nos fará bem hoje, tomar um pouco de tempo em oração, com a memória de nosso caminho, a memória das graças recebidas, a memória da eleição, da promessa, da aliança e procurar se elevar, rumo à adoração, e em meio à adoração, com muita, humildade dizer somente esta pequena oração: “Escuta e perdoa””. Pa
Imprimir

16/02/2018
Papa Francisco encontra o clero da sua diocese
Há várias idades no sacerdócio, cada uma com características peculiares que comportam dificuldades, mas possuem também recursos. Foi o que disse o Papa Francisco ao clero de Roma reunido esta quinta-feira (15/02) na Basílica de São João de Latrão – sede da Diocese de Roma – para o tradicional encontro de início da Quaresma.

14/02/2018
Cardeal Tempesta comenta o tema da CF 2018 dedicada à violência
Atendendo ao apelo dos Bispos do Regional Leste 1 – CNBB, as dioceses do Estado do Rio de Janeiro realizarão no próximo dia 17 de fevereiro a Abertura da Campanha da Fraternidade (CF) 2018. O Rio de Janeiro vem sofrendo com os diversos casos de violência, os números de assassinatos e assaltos são crescentes. A violência atinge até mesmo os agentes de segurança que levam a população a um clima de medo e tensão.

13/02/2018
Papa: paciência não é resignação, é dialogar com os próprios limites
Na primeira Missa da semana na Casa Santa Marta o Papa Francisco disse que a paciência é a virtude de quem está em caminho. “A fé, colocada à prova, produz paciência.” O Papa Francisco inspirou sua reflexão na Primeira Leitura do dia, de São Tiago Apóstolo.

08/02/2018
Solidariedade do Papa a atingidos por terremoto em Taiwan
O abalo sísmico foi sentido também na capital Taipé. Com magnitude de 6,4 graus na escala Richter, o epicentro foi localizado no Oceano Pacífico, a 21Km ao nordeste de Hua-Lien.

07/02/2018
Festival na Lateranense em preparação ao Sínodo dos Jovens
“Qual Igreja dos jovens?” é o tema do Festival Internacional da Criatividade, a ser realizado na Pontifícia Universidade Lateranense, em Roma, nos dias 9 e 10 de março. Esta segunda edição tem o patrocínio do Sínodo dos Bispos. A iniciativa inspira-se precisamente no Sínodo dos Jovens convocado pelo Papa Francisco para outubro próximo e nasce da colaboração entre o ateneu pontifício, a Villanova University da Pensilvânia e Creativ, realidade de formação especializada em gestão pastoral.


 

© Obra Missionária Virgem do Carmo Peregrina. Todos os direitos reservados

Site desenvolvido por Vetorial Soluções Corporativas
Obra Missionária Virgem do Carmo Peregrina